7 de setembro de 2008

Inácio


Augusto Soares Inácio nasceu no dia 1 de Fevereiro de 1955 em Lisboa.
Estreou-se como profissional de futebol no Sporting C.P. na temporada de 1975/76 e manteve-se no clube de Alvalade até a época 1981/82. Em Alvalade foi por duas vezes Campeão Nacional, e venceu duas Taças de Portugal.
Na temporada de 1982/83 transferiu-se para o Futebol Clube do Porto e permaneceu nos Dragões até a época de 1988/89.
Com a camisola do F.C. Porto, Inácio sagrou-se por três vezes Campeão Nacional, conquistou duas Taças de Portugal, venceu três Supertaças Cândido de Oliveira e ganhou uma Taça Associação de Futebol do Porto. Mas as maiores conquistas aconteceram em 1987, ano em que ajudou a conquistar a Taça dos Clubes Campeões Europeus em Viena e a Taça Intercontinental em Tóquio. Ao que juntou a vitória na Supertaça Europeia ao derrotar o Ajax F.C. em Amestardão e nas Antas em ambos os jogos por 1-0.
No final da temporada de 1988/89 colocou um ponto final na sua carreira de futebolista.
Abraçou depois a carreira de treinador e na época de 1989/90 assumiu o cargo de treinador dos juniores do F.C. Porto, lugar que ocupou durante duas temporadas. Em 1991/92 orientou o Rio Ave F.C. Na temporada seguinte voltou às Antas para ser treinador-adjunto, durante quatro temporadas.
Em 1996/97 abraçou em definitivo a carreira de treinador principal ao comandar o F.C. Felgueiras, seguiu-se dpois o Marítimo S.C., G.D. Chaves e o Sporting C.P. onde depois de 21 anos levou os leões a conquistarem de novo o Campeonato Nacional. Depois ainda treinou o V. Guimarães, C.F. Belenenses, Esteve no Catar onde treinou o Al Ahli S.C., regressou a Portugal para orientar o S.C. Beira-Mar. Passou pela Grécia onde treinou o Ionikos F.C. Também passou pelo Irão para treinar o Foolad F.C., seguindo-se o Inter de Luanda da Angola. Em 2009 volta de novo a Portugal para assumir o comando técnico do Naval 1º de Maio, seguindo-se o Leixões S.C. em 2011 viajou até à Roménia para orientar o F.C. Vaslui. Em Fevereiro de 2013, regressa mais uma vez a Portugal para ocupar o lugar de técnico do Moreirense F.C.
Na temporada de 2013/14 assumiu o cargo de Director Geral de Futebol no Sporting C.P. lugar que ocupou durante duas épocas.
Em Novembro de 2016 volta a abraçar a carreira de treinador e regressa ao Moreirense F.C. e logo em Janeiro de 2017 faz história ao levar o pequeno clube de Moreira de Cónegos à conquista da Taça da Liga 2016/17, no entanto a permanência no clube minhoto durou pouco já que em Março de 2017 deixou os cónegos.

Palmarés como jogador
1 Taça Intercontinental
1 Taça dos Campeões Europeus
1 Supertaça Europeia
5 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
4 Taças de Portugal
3 Supertaças Cândido de Oliveira
1 Taça Associação de Futebol do Porto

Palmarés como treinador
1 Campeonato Nacional da 1ª Divisão (Portugal)
1 Taça da Liga

4 comentários:

dragao vila pouca disse...

UM sportinguista com o F.C.Porto no coração.
Acho que ele iniciou a carreira de treinador nos juniores do F.C.Porto e depois é que foi para o R.Ave, levando vários jogadores jovens do F.C.Porto, como Bino, R.Jorge e outros que agora, não me recordo.
Um abraço

Armando Pinto - Longra - Felgueiras disse...

Alguém com ligações ao interior do clube, ou seja com importância para actualmente conseguir algo, devia fazer ver à Direcção do F C P que é mais que necessário ser criado um fundo de arquivo (sem se tratar do museu, falta que urge suprir e é muito ansiado o seu ressurgimento), pois, no caso do arquivo, é uma pena que todas estas informações históricas, "recortes", fotos e tanta e tanta documentação guardada religiosamente por muitos de nós, Portistas (como se vê pelos blogs, onde na verdade pulsa a nossa História!)se venha a perder um dia, enquanto não há quase nada em arquivo, de modo sério, competente... Já que o que se nota, nalgumas publicações do clube, é uma incompreensível falta de dados... e desconhecimentos gritantes.
A. P.

Paulo Moreira disse...

dragao vila pouca, eu também acho que o Inácio começou nos juniores do FCP mas não tenho a certeza, mas como treinador principal foi no Rio Ave.

De qualquer maneira obrigado pela observação.

Abraço

Paulo disse...

Aqui está um homem da casa... Com experiência, profissional e competente que tanta falta faz neste momento, em que precisamos de um timoneiro para o plantel.