23 de setembro de 2013

Álvaro Sequeira

Álvaro José Sequeira Júnior, foi um dos mais valiosos atletas que representaram o Futebol Clube do Porto.
Começou por se distinguir tanto na natação como no pólo aquático e foi através dessas duas modalidades que foi um dos dois primeiros nadadores do F.C. Porto a representarem a Selecção Nacional de Natação e Polo Aquático, o outro atleta foi Canto Moniz.
Em 1928/29, Álvaro Sequeira sagra-se Campeão Nacional de pólo aquático, o primeiro da modalidade para o clube.
Ao mesmo tempo que se destacava nestas modalidades, jogava também futebol. Começou pelas equipas inferiores mas já fazia parte do plantel portista que venceu o segundo Campeonato de Portugal da história dos Dragões, em Viana do Castelo na temporada de 1924/25.
A sua estreia na equipa principal portista teve lugar no Campo da Constituição no dia 28 de Dezembro de 1924, numa partida a contar para a 3ª jornada do Campeonato do Porto da temporada de 1924/25, em que os Dragões venceram por 6-3.
Mais activa foi a sua participação na conquista do Campeonato de Portugal de 1931/32, desta vez com a consagração a ter lugar em Coimbra, no Campo do Arnado.
Para além dos dois Campeonatos de Portugal que conquistou, Álvaro Sequeira venceu também o Campeonato do Porto por dez vezes, nas dez temporadas em que vestiu a camisola do F.C. Porto.
Álvaro Sequeira foi assim mais um, verdadeiro atleta que honrou a camisola do F.C. Porto em varias modalidades.

Palmarés
2 Campeonatos de Portugal
10 Campeonatos do Porto

16 de setembro de 2013

José Carlos

José Carlos Nascimento, nasceu no dia 19 de Março de 1965 em Goiânia, Brasil.
Foi no ano de 1983 que teve a sua estreia como profissional sénior, ao serviço dos cariocas do C.R. Flamengo.
Vestiu a camisola rubro-negro do clube do Rio de Janeiro durante sete temporadas e onde venceu por duas vezes o Campeonato Brasileiro (1983 e 1987), um Campeonato Estadual (1986), três Taças Guanabara (1984, 1988 e 1989) e duas Taças Rio (1985 e 1986). Conquistou ainda cinco torneios internacionais. Em 1987 o Torneio Internacional de Angola e o Torneio Air Gabon, em 1988 o Troféu Colombino em Espanha e a Copa Kirin no Japão, já em 1989 venceu o Torneio de Hamburgo.
No inicío da temporada de 1989/90 transferiu para o Futebol Clube do Porto.
A sua estreia com a camisola dos Dragões aconteceu no dia 19 de Agosto de 1989 no Estádio das Antas quando os portistas receberam e venceram o C.D. Nacional da Madeira por 2-0, no jogo da 1ª jornada do Campeonato Nacional de 1989/90. Nessa partida José Carlos marcou o seu primeiro golo, já que foi ele a abrir o marcador aos 69 minutos de jogo.
Nessa temporada sagrou-se Campeão Nacional.
Na época de 1990 /91 esteve emprestado ao Gil Vicente F.C. onde disputou 34 jogos e marcou 8 golos.
Regressou às Antas na temporada seguinte e por lá ficou durante mais cinco épocas, tendo acrescentado ao seu palmares mais quatro Campeonatos Nacionais (1991/92, 1992/93, 1994/95 e 1995/96), uma Taça de Portugal (1993/94) e três Supertaças Cândido de Oliveira (1991/92, 1993/94 e 1994/95).
No final da temporada de 1995/96 deixou o F.C. Porto. Ao serviço dos Dragões, José Carlos jogou durante 6 temporadas, conquistou 9 Títulos, disputou 102, partidas oficiais e marcou 26 golos.
Ainda em 1996 regressou ao Brasil para ingressar no C.R. Vasco da Gama.
Voltou a Portugal em 1996/97 para representar o S.C. Marítimo onde jogou nessa época e onde deu por terminada a sua carreira de futebolista no final dessa mesma temporada.

Palmarés
5 Campeonatos Nacionais 1ª Divisão (Portugal)
1 Taça de Portugal
3 Supertaças Cândido de Oliveira
2 Campeonatos Brasileiros
1 Campeonato Estadual
3 Taças Guanabara
2 Taças Rio

9 de setembro de 2013

Barbosa

António Fernando Barbosa da Silva, nasceu no dia 3 de Novembro de 1931 no Porto.
Depois de ter passado pelo Boavista F.C., Barbosa ingressou no Futebol Clube do Porto no início da temporada de 1956/57.
A sua estreia com a camisola dos Dragões aconteceu no dia 13 de Janeiro de 1957 no Estádio José Alvalade onde os portistas defrontaram o Sporting C.P. (os leoninos venceram por 2-1), numa partida a contar para a 18ª jornada do Campeonato Nacional da época de 1956/57.
Foi um dos integrantes do plantel portista na estreia dos Dragões nas provas europeias, quando no dia 20 de Setembro de 1956 o Estádio das Antas recebeu a visita dos espanhóis do Athletic Club Bilbao, partida que os bascos venceram por 2-1.
Na temporada seguinte, Barbosa ajudou a conquistar a Taça de Portugal, com uma vitória sobre o S.L. Benfica por 1-0 na final no estádio do Jamor no dia 15 de Junho de 1958.
Na época de 1958/59 o F.C. Porto venceu o Campeonato Nacional (apesar de um árbitro com o nome de Inocêncio Calabote, tudo fazer para entregar o Título a outro clube), dessa forma, Barbosa sagrou-se Campeão Nacional, e foi o unico futebolista dos Dragões a ser totalista nas 26 partidas do Campeonato Nacional.
Ainda jogou no F.C. Porto mais três temporadas, tendo conquistado por cinco vezes a Taça Associação de Futebol do Porto.
Deixou as Antas no final da época de 1961/62. Barbosa nas seis temporadas que vestiu de azul e branco disputou 130 partidas oficias, marcou 1 golo e conquistou 7 Títulos.

Palmarés
1 Campeonato Nacional 1ª Divisão (Portugal)
1 Taça de Portugal
5 Taças Associação de Futebol do Porto