25 de janeiro de 2016

João Ricardo

João Maia Ricardo nasceu no dia 14 de Abril de 1949 em Moçambique.
Com passagem pelos juniores do Futebol Clube do Porto, onde foi internacional pela Selecção de Portugal, João Ricardo integrou o plantel principal dos Dragões na temporada de 1967/68. Fez apenas cinco partidas, duas para o Campeonato Nacional, duas para a Taça de Portugal e uma para as competições europeias, tendo apontado dois golos, o primeiro no dia 1 de Outubro de 1967 na 4ª jornada do campeonato nacional quando os portistas receberam e venceram por 4-0, no Estádio das Antas o G.D. CUF. O outro golo foi 15 dias depois no jogo da 2ª mão da 1ª eliminatória da Taça de Portugal, em que o F.C. Porto foi a Aveiro bater o S.C. Beira-Mar por 2-0. Os aveirenses foram a primeira equipa a cair na caminhada que os azuis e brancos levaram com sucesso até ao Estádio do Jamor, onde venceram o V. Setúbal por 2-1 e conquistaram a Taça de Portugal.
Em 1968/69 passou pelo Leixões S.C. mas na temporada seguinte estava de novo de volta ao F.C. Porto onde só saiu passadas cinco épocas.
João Ricardo viveu também jogos que ficaram na história do clube, tanto oficiais como particulares. Um deles foi em 25 de Janeiro de 1970 quando fez parte da comitiva portista que foi convidada pelo São Paulo F.C. para a festa da inauguração do Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi). Esteve também presente (foi suplente utilizado), quando no dia 31 de Janeiro de 1971 o F.C. Porto venceu o S.L. Benfica por 4-0, com todos os golos a serem de autoria de Lemos. Ainda viveu de perto as duas partidas da 1ª eliminatória da Taça UEFA de 1972, quando os Dragões venceram nos dois jogos o F.C. Barcelona, 3-1 no Estádio das Antas e 1-0 no Estádio Camp Nou.
No total da sua passagem pelos Dragões, João Ricardo disputou 93 partidas e apontou 15 golos.
Em 1974/75 ingressou no Lusitânia Futebol Clube de Lourosa, onde esteve por dois anos, na época de 1976/77 passou pelo F.C. Paços de Ferreira e em 1977/78 transferiu-se para o C.F. União de Lamas, tendo ficado por três épocas no clube do distrito de Aveiro, já em 1980/81 ingressou no U.D. Oliveirense, para na temporada seguinte se mudar para o G.D. Aves, onde terminou a sua carreira de futebolista no final da época de 1981/82.
João Ricardo faleceu no dia 5 de Janeiro de 2015.

Palmarés
1 Taça de Portugal

18 de janeiro de 2016

Henrique Mesquita

Henrique Mesquita foi o 8º presidente do Futebol Clube do Porto.
Sucedendo António Martins Ribeiro, em Julho de 1917, comandou o clube azul e branco até ao ano de 1920.
Durante o seu mandato viu vários atletas portistas a deixarem o clube para rumarem à Grande Guerra que assolava a Europa, uma guerra que tirou a vida a Joaquim Vidal Pinheiro, um dos melhores futebolistas dos Dragões, na época.
Contudo, Henrique Mesquita também viu o F.C. Porto a vencer e a somar títulos já que venceu o Campeonato do Porto nas temporadas de 1918/19 e 1919/20. Foi também sob a sua presidência que o F.C. Porto conseguiu a primeira vitória contra o Sporting C.P., no dia 30 de Novembro de 1919, e também contra o S.L. Benfica, em Lisboa, por 3-2, no dia 4 de Abril de 1920.
Outro acontecimento marcante ocorreu no dia 13 de Abril de 1918: o lançamento do primeiro número do jornal de autoria do F.C. Porto, o “Porto Sportivo”.

11 de janeiro de 2016

Sarrea

Guilhermino Sarrea nasceu na Argentina no ano de 1914.
Ingressou no Futebol Clube do Porto no início da temporada de 1939/40 para fazer parte do plantel comandado por Mihaly Siska.
A estreia com a camisola dos Dragões aconteceu no dia 12 de Novembro de 1939 no Campo da Constituição, numa partida a contar para o Campeonato do Porto, quando os portistas receberam e venceram o Académico F.C. por 1-0 com o golo a ser apontado por Sarea.
No final dessa mesma época sagrou-se Campeão Nacional, foi assim um dos muitos jogadores que ficaram na história do F.C. Porto pela vitória no terceiro Campeonato Nacional conquistado. Sarrea, que jogava a defesa ainda contribuiu com um golo para o triunfo do Título Nacional, foi no jogo da 4ª jornada quando a Académica de Coimbra recebeu e foi derrotada pelos portistas por 2-0, Sarrea foi o autor do segundo golo.
Sarrea que vestiu a camisola azul e branca durante seis temporadas conquistou ainda por quatro vezes o Campeonato do Porto (1940/41, 1942/43, 1943/44 e 1944/45).
No final da temporada de 1944/45 deixou o F.C. Porto.
Nas seis épocas em que esteve nos Dragões, disputou 69 partidas e apontou 2 golos.

Palmarés
1 Campeonato Nacional 1ª Divisão (Portugal)
4 Campeonatos do Porto

4 de janeiro de 2016

João Cal

João António Gonçalves Cal foi um dos primeiros atletas que vestiram a camisola do Futebol Clube do Porto.
Praticante de Atletismo e também de Ténis, João Cal foi também futebolista nas primeiras equipas formadas pelos Dragões.
Desde 1910 ligado ao F.C. Porto, João Cal jogou futebol até 1916 tendo dessa forma ajudado à conquista da primeira taça do clube, a Taça Clube União do Norte. Esteve ainda ligado à vitória na Taça José Monteiro da Costa tal como aos primeiros campeonatos do Porto que o clube conquistou, assim como a Taça Associação de Futebol do Porto.
Associação de Futebol do Porto que foi fundada em 1912 por João Cal e também por Joaquim Pereira da Silva, ambos em representação do F.C. Porto e por José António Afonso Barbosa e Hernâni Soares da Rocha em representação do Leixões S.C.
Mesmo depois de deixar de praticar futebol, esteve sempre ligado ao F.C. Porto como dirigente, tendo sido Primeiro Secretário da Direção.
Seguiu a carreira no exército onde chegou a Capitão de Engenharia.

Palmarés
2 Campeonatos do Porto
1 Taça Associação de Futebol do Porto