19 de junho de 2017

Cristián Rodríguez

Cristián Gabriel Rodríguez Barotti nasceu no dia 30 de Setembro de 1985 em Montevideu, Uruguai.
Era ainda um adolescente quando entrou para as escolas do C.A. Peñarol. Foi passando por todos os escalões de formação até que em 2002/03 integrou o plantel principal do clube de Montevideu e logo na sua época de estreia na equipa principal, festejou a conquista do Campeonato do Uruguai. Esteve três temporadas as serviço do C.A. Peñarol até que em 2005/06 ingressou no Paris S.G. onde esteve duas épocas e onde venceu a Taça de França de 2005/06. Foi depois emprestado ao S.L. Benfica na temporada de 2007/08.
Em 2008/09 foi contratado pelo Futebol Clube do Porto.
A estreia com a camisola dos Dragões aconteceu no dia 16 de Agosto de 2008 no Estádio do Algarve onde os portistas defrontaram o Sporting C.P. na partida da Supertaça Cândido de Oliveira que o clube leonino acabou por vencer 2-0.
Cristián Rodríguez esteve ao serviço do F.C. Porto durante quatro temporadas, tendo disputado 120 jogos oficiais e apontado 16 golos.
A jogar pelos Dragões conquistou por três vezes a Supertaça Cândido de Oliveira, venceu também por três vezes a Taça de Portugal, sagrou-se Campeão Nacional por três ocasiões e ganhou a Liga Europa em 2010/11.
Mas ainda houveram outras conquistas para além das taças e troféus em competições oficiais que venceu. Em Agosto de 2008 ajudou o F.C. Porto a conquistar o Torneio Internacional de Braga com os portistas a vencerem o Leixões S.C. por 3-0 e os italianos do Cagliari Cálcio por 4-1.
Em 2012/13 transferiu-se para o Club Atlético de Madrid, esteve duas épocas e meia no emblema da capital espanhola onde venceu o Campeonato de Espanha de 2013/14, a Taça de Espanha de 2012/13, a Supertaça de Espanha em 2014 e a Supertaça Europeia de 2012. Em Janeiro de 2015 foi emprestado ao Parma F.C. de Itália, mas acabou por não ficar por muito tempo em terras transalpinas e rumou ao Brasil para vestir a camisola do Grémio de Porto Alegre. Ainda no decorrer do ano de 2015 viajou para a Argentina para ingressar no C.A. Independiente, clube que representou até Janeiro de 2017. Regressou logo de seguida ao Uruguai e ao C.A. Peñarol onde começou a sua carreira de futebolista.
Cristián Rodríguez representou por várias vezes a selecção do Uruguai. Esteve no Campeonato do Mundo do Brasil de 2014, na Taça das Confederações de 2013 e já participou em várias edições da Copa America tendo conquistado o Troféu no ano de 2011.

Palmarés
1 Copa América
1 Liga Europa
1 Supertaça Europeia
3 Campeonatos Nacionais 1ª Divisão (Portugal)
1 Campeonato de Espanha
1 Campeonato do Uruguai
3 Taças de Portugal
1 Taça de Espanha
1 Taça de França
3 Supertaças Cândido de Oliveira
1 Supertaça de Espanha

12 de junho de 2017

Joaquim Relvas

Joaquim Relvas foi um futebolista que representou o Futebol Clube do Porto no início do século XX.
Foi durante a época de 1914/15 que o ainda jovem atleta vestiu a camisola azul e branca.
Deu o seu contributo para a conquista do Campeonato do Porto dessa temporada de 1914/15. Com efeito, o dia 16 de Maio de 1915 viria a ficar gravado em letras douradas no livro da história do F.C. Porto já que foi o primeiro título conquistado pelo clube.
Joaquim Relvas ajudou ainda a vencer a segunda edição da Taça José Monteiro da Costa, com a vitória sobre o Leixões S.C. por 3-0, numa partida disputada no dia 28 de Fevereiro de 1915.

Palmarés
1 Campeonato do Porto

5 de junho de 2017

Angelo Faria

Ângelo Vasconcelos Silveira Faria foi um futebolista português que representou o Futebol Clube do Porto durante a década de 40.
Ingressou nos Dragões na temporada de 1947/48 e estreou-se no jogo a contar para a 1ª jornada do Campeonato Nacional quando no Campo da Constituição os portistas receberam e venceram o Elvas C.A.F. por 4-0.
Ângelo Faria representou o F.C. Porto durante duas temporadas, tendo disputado oito partidas oficiais e ajudou a conquistar a Taça Associação de Futebol do Porto em 1947/48.
Em jogos de carácter particular esteve presente no dia 19 de Outubro de 1947 quando os Dragões foram a Espanha defrontar o Valência C.F., os portistas regressaram a casa depois de terem vencido os campeões espanhóis por 1-0, com o golo de Catolino a carimbar o triunfo.
No final da época de 1948/49 Ângelo Faria deixou o F.C. Porto.

Palmarés
1 Taça Associação de Futebol do Porto