29 de outubro de 2018

Hélder Postiga

Hélder Manuel Marques Postiga nasceu no dia 2 de Agosto de 1982 em Vila do Conde.
Foi no Varzim S.C. que começou a jogar futebol, até ingressar nos juvenis do Futebol Clube do Porto aos 14 anos. Percorreu todos os escalões de formação dos portistas, tendo vencido o Campeonato Nacional de Juniores C em 1996/97, e o Campeonato Nacional de Juniores B em 1997/98.
Na temporada de 2001/02 integrou o plantel principal dos Dragões.
A sua estreia como sénior com a camisola azul e branca aconteceu no dia 1 de Agosto de 2001 no Estádio Jenner Park, no País de Gales, onde os portistas defrontaram o Barry Town United F.C. no jogo da 2ª mão da 2ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões de 2001/02, tendo os galeses vencido por 3-2, depois de uma semana antes terem perdido por 8-0 na partida da 1ª mão.
Já o primeiro golo que Hélder Postiga apontou com a camisola dos Dragões foi no jogo contra os suíços do Grasshopper C.Z. disputado no Estádio das Antas no dia 8 de Agosto de 2001, que contou para a 1ª mão da 3ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões e que terminou empatado 2-2, com Postiga a marcar o segundo golo dos portistas aos 59 minutos de jogo.
Postiga representou o F.C. Porto durante 6 temporadas, não foram consecutivas pois teve uma passagem pelos ingleses do Tottenham Hotspur F.C. em 2003/04, esteve emprestado aos franceses do A.S. Saint-Étienne entre Janeiro e Maio de 2006 e aos gregos do Panathinaikos A.O. também entre Janeiro e Maio mas de 2008.
Enquanto esteve ao serviço dos Dragões, disputou 164 partidas oficiais, marcou 49 golos e conquistou 11 Títulos: 1 Taça Intercontinental (2004/05), 1 Taça UEFA (2002/03), 4 Campeonatos Nacionais (2002/03, 2005/06, 2006/07 e 2007/08), 2 Taças de Portugal (2002/03 e 2005/06) e 3 Supertaças Cândido de Oliveira (2001/02, 2004/05 e 2006/07).
Em 2008/09 ingressou no Sporting C.P. Em 2011/12 rumou a Espanha para jogar no Real Zaragoza durante duas épocas. Em 2013/14 transferiu-se para o Valencia C.F. sendo emprestado aos italianos do S.S. Lazio ainda no decorrer dessa temporada. Em 2014/15 jogou no R.C. Deportivo Coruña. Na temporada seguinte segue para a India onde jogou no Atlético de Kolkata, mas no início de 2016 regressa a Portugal para vestir a camisola do rio Ave F.C., no entanto volta aos indianos do Atlético de Kolkata em Agosto, ainda a tempo de disputar onze jogos e sagrar-se Campeão indiano de 2016. No final desse ano decidiu terminar a sua carreira de futebolista.
Hélder Postiga foi internacional por Portugal em 71 ocasiões e marcou 27 golos. Esteve presente nos Campeonatos da Europa de 2004, 2008 e 2012 e nos Campeonatos do Mundo de 2006 e 2014.

Palmarés
1 Taça Intercontinental
1 Taça UEFA
4 Campeonatos Nacionais 1ª Divisão (Portugal)
1 Campeonato da Índia
2 Taças de Portugal
3 Supertaças Cândido de Oliveira

22 de outubro de 2018

Taça Valais

A Taça Valais era um torneio amigável organizado pela Matchworld Football S.A. e que se disputava no verão.
A primeira edição aconteceu no ano de 2013 e os jogos foram todos disputados na Suíça, na cidade de Valais e no Estádio Tourbillon.
Foram cinco as equipas participantes: F.C. Sion da Suíça, V.L. Wolfsburgo da Alemanha, A.S. Saint-Étienne de França, Olympique Marselha de França e o Futebol Clube do Porto. O vencedor foi a equipa que conseguiu a melhor média de pontos nos jogos disputados.
Os Dragões realizaram uma partida, no dia 13 de Julho, contra o Olympique Marselha e venceram por 3-0, com golos de Izmailov, Jackson e Iturbe, somando assim 3 pontos, o que foi o suficiente para erguerem o troféu e conquistar a Taça Valais.
Foi também nesse jogos que Hector Herrera e Diego Reyes se estrearam com a camisola azul e branca, apesar de não ser numa partida de caracter oficial.
A Taça Valais ainda se disputou até 2015 mas a partir de 2016 mudou de nome e de formato, passou a chamar-se: Festival de Futebol dos Alpes, aumentou o número de clubes participantes e passou a ser disputado na Suíça e também em França.

15 de outubro de 2018

Seitaridis

Giorgios Seitaridis nasceu no dia 4 de Junho de 1981 em Pireu, Grécia.
Começou por jogar futebol nas escolas do P.A.S. Giannina e em 1998/99 passou à categoria de sénior e integrou o plantel principal do clube de Janina. Em 2000/01 transferiu-se para o Panathinaikos A.O., representou o clube de Atenas durante quatro temporadas e venceu o campeonato grego e a Taça da Grécia em 2003/04.
No início da época de 2004/05 foi contratado pelo Futebol Clube do Porto.
A sua estreia com a camisola dos Dragões aconteceu no dia 20 de Agosto de 2004 no Estádio Cidade de Coimbra, onde os portistas venceram o S.L. Benfica por 1-0 no jogo da Supertaça Cândido de Oliveira.
Seitaridis apenas esteve uma temporada ao serviço do F.C. Porto mas depressa agarrou a titularidade na equipa como lateral direito e foi nessa posição que conquistou a Taça Intercontinental quando os Dragões venceram os Campeões Sul-Américanos do C.D. Once Caldas.
De Dragão ao peito Seitaridis disputou 34 jogos oficiais e conquistou 2 Títulos.
Em 2005/06 rumou à Russia para jogar no F.K. Dinamo Moscovo. Em 2006/07 transferiu-se para o Atlético de Madrid onde esteve durante três temporadas. Em 2009/10 voltou à Grécia e regressou ao Panathinaikos A.O. tendo conquistado de novo o campeonato grego e a Taça da Grécia de 2009/10. Ainda vestiu a camisola do emblema de Atenas até ao final da temporada de 2012/13 quando deu por terminada a sua carreira de futebolista.
Seitaridis representou a Selecção da Grécia por 72 vezes e marcou 1 golo. Esteve presente no Campeonato do Mundo de 2010, na Taça das Confederações de 2005 e nos Campeonatos da Europa de 2004 e 2008, tendo conquistado o troféu de Campeão Europeu em 2004.

Palmarés
1 Campeonato da Europa (Selecções)
1 Taça Intercontinental
2 Campeonatos da Grécia
2 Taças da Grécia
1 Supertaça Cândido de Oliveira

8 de outubro de 2018

Chico

Francisco Zeferino Leite Costa (Chico), foi um futebolista português que jogou no Futebol Clube do Porto na década de quarenta.
A jogar como defesa, esteve durante seis épocas ao serviço dos Dragões (1942 a 1944, 1945 a 1947 e 1948 a 1950).
A sua estreia com a camisola dos Dragões aconteceu no dia 29 de Novembro de 1942 no Campo Augusto Leça, no Porto, onde os azuis e brancos venceram o Boavista F.C. por 5-3, num jogo a contar para a 6ª jornada do Campeonato do Porto de 1942/43.
Chico conquistou por quatro vezes o Campeonato do Porto nas temporadas de: 1942/43, 1943/44, 1945/46 e 1946/47).
Nas seis épocas em que defendeu a camisola do F.C. Porto, disputou 34 jogos oficiais, 21 para o Campeonato Nacional, 12 para o Campeonato do Porto e 1 para a Taça de Portugal.
No final da temporada de 1949/50 deixou o F.C. Porto.

Palmarés
4 Campeonatos do Porto

1 de outubro de 2018

Cândido de Oliveira

Cândido Fernandes Plácido de Oliveira nasceu no dia 24 de Setembro de 1896 em Fronteira.
Órfão desde bastante criança, entrou para a Casa Pia no ano de 1905 onde começou a mostrar os seus dotes na prática do futebol. Em 1914 e com 18 anos, ingressou no S.L. Benfica onde jogou durante seis temporadas, tendo vencido por uma vez o Campeonato de Lisboa. Em 1920 deixou os encarnados e fundou o Casa Pia Atlético Clube.
Logo no ano da sua fundação em 1920/21, Cândido de Oliveira ajudou o seu novo clube a conquistar o Campeonato de Lisboa e a Taça Associação de Futebol de Lisboa, ambos sem conhecer a derrota, Um feito único e que nunca foi igualado pelos maiores emblemas da capital.
O Casa Pia A.C. foi o primeiro clube nacional a jogar em Paris, o jogo foi no Estádio Pershing contra o campeão francês, o Cercle Athletic Paris que venceu por 2-1, com o golo dos casapianos a ser marcado por Cândido de Oliveira.
Em Dezembro de 1922 o Futebol Clube do Porto solicitou junto dos dirigentes do Casa Pia A.C. o empréstimo de Cândido dos Reis, Augusto Gomes e José Maria Gralha.
Os três jogadores integraram a comitiva portista que partiu rumo a Sevilha e Gibraltar para efetuar quatro partidas amigáveis. O primeiro jogo aconteceu no último dia do ano contra o Sevilha F.C. e os campeões espanhóis venceram por 7-2, no dia seguinte os dois clubes voltaram a defrontar-se e os andaluzes repetiram a vitória, desta vez por 5-2. No dia 7 de Janeiro de 1923 e já em Gibraltar a selecção local derrotou os Dragões por 2-0, dois dias mais tarde a equipa Prince of Wales, campeão territorial e que era formada na totalidade por ingleses venceu o F.C. Porto por 6-3. Todos os golos nesses jogos apontados pelos Dragões foram marcados por Cândido de Oliveira e logo os dirigentes portistas o tentaram convencer a vestir em definitivo de azul e branco, mas Cândido de Oliveira preferiu continuar no clube que criou até terminar a sua carreira de futebolista em 1926.
Ainda nessa ano de 1926 abraça a carreira de treinador e assume o cargo de Selecionador Nacional, lugar que ocupou durante 15 anos, tendo pelo meio passado pelo C.F. Belenenses. Em 1945/46 passa a treinar o Sporting C.P., orienta os leoninos durante três temporadas e conquista por duas vezes o Campeonato Nacional e vence duas Taças de Portugal. Em 1950 ruma ao Brasil para comandar o C.R. Flamengo. No ano seguinte volta a Portugal e à Selecção Nacional.
Em Janeiro de 1953 regressa ao F.C. Porto. Treina os Dragões até ao final da época seguinte e embora não tenha conseguido nenhum título deixa boas indicações, como aconteceu em Abril de 1954 quando no dia 17 o F.C. Porto recebeu no Estádio das Antas o Real Madrid C.F. e goleou os espanhóis por 5-2.
Em 1955/56 assume o comando técnico da Académica de Coimbra, lugar que ocupou até 1958.
Cândido de Oliveira foi internacional por Portugal, vestiu a camisola das Quinas no primeiro jogo que a Selecção Nacional disputou em 1921.
Foi jornalista desportivo e em 1945 fundou o jornal “A Bola”, junto com António Ribeiro dos Reis e Vicente de Melo. E foi como jornalista e enviado-especial do jornal “A Bola” ao Campeonato do Mundo de 1958 na Suécia que sofreu uma pneumonia que originou à sua morte no dia 23 de Junho desse ano.
Em homenagem ao seu trabalho no futebol nacional, a Federação Portuguesa de Futebol deu o seu nome à Supertaça que foi criada em 1979.

Palmarés como jogador
2 Campeonatos de Lisboa

Palmarés como treinador
2 Campeonatos Nacionais 1ª Divisão (Portugal)
2 Taças de Portugal