24 de junho de 2019

Filipe

Filipe Augusto de Almeida Monteiro nasceu no dia 16 de Maio de 1989 em Cidade Tiradentes, um distrito do município de São Paulo, Brasil.
Quando tinha 10 anos de idade a sua família mudou-se para Mogi das Cruzes, e foi nessa cidade do município paulista que Filipe começou a jogar futebol ao representar o A.D.C. Valtra, um clube criado pelos trabalhadores da empresa finlandesa de tratores Valtra. Filipe jogou nesse clube nos anos de 2007 e 2008. Em 2009 mudou-se para o União F.C. Mogi das Cruzes onde esteve outros dois anos e onde passou definitivamente a jogar como defesa central deixando a posição de médio. Foi também nessa altura que resolveu passar a conciliar o futebol com o trabalho, ao fazer entregas de produtos alimentares em restaurantes, numa empresa da família da sua namorada.
Em 2011 foi contratado pelo C.A. Bragantino. No ano seguinte transferiu-se para o S.C. Corinthians onde jogou durante cinco anos, tendo conquistado o Mundial de Clubes em 2012, a Recopa Sudamericana em 2013 e o Campeonato do Brasil em 2015.
Em Maio de 2016 foi contratado pelo Futebol Clube do Porto.
Estreou-se de Dragão ao peito no dia 12 de Agosto de 2016 no Estádio dos Arcos onde os portistas visitaram e venceram o Rio Ave F.C. por 3-1, no jogo da 1ª jornada do Campeonato Nacional de 2016/17.
O primeiro golo que marcou de azul e branco foi “apenas” 11 dias depois quando em Itália o F.C. Porto derrotou o A.S. Roma por 3-0, com Filipe a abrir o marcador aos 8 minutos, numa partida que contou para a 2ª mão do Play-Off da Liga dos Campeões de 2016/17.
Foram três as épocas que Filipe esteve ao serviço do F.C. Porto, sempre como titular e mostrando o melhor defesa central a atuar em Portugal, como comprova e eleição da UEFA da época de 2016/17 e na temporada seguinte a atribuição do prémio do site Goal Point.
Nessas três épocas, Filipe disputou 142 jogos oficiais, marcou 11 golos e conquistou 2 títulos. Sagrou-se Campeão Nacional em 2017/18 e ganhou a Supertaça Cândido de Oliveira de 2018/19.
Em 2019/20 transferiu-se para o Atlético de Madrid.

Palmarés
1 Campeonato do Mundo de Clubes
1 Recopa Sudamericana
1 Campeonato Nacional 1ª Divisão (Portugal)
1 Campeonato do Brasil
1 Supertaça Cândido de Oliveira

17 de junho de 2019

Henrique de Almeida

Henrique de Almeida foi um dos primeiros futebolistas do Futebol Clube do Porto.
No ano de 1906, José Monteiro da Costa pegou no projeto iniciado pelo seu amigo António Nicolau de Almeida e refundou o F.C. Porto, depois rapidamente conseguiu reunir um grupo de atletas que fizeram parte desse seu sonho. Foi assim que Henrique de Almeida se tornou um dos primeiros praticantes de futebol da história dos Dragões.
A permanência de Henrique de Almeida no F.C. Porto foi breve mas o bastante para deixar o seu nome no livro de honra do principal clube da cidade do Porto.

9 de junho de 2019

Layún

Miguel Arturo Layún Prado nasceu no dia 25 de Junho de 1988 em Córdoba, México.
Estreou-se a nível profissional com apenas 17 anos no Querétano F.C. na temporada de 2005/06. Na época seguinte mudou de ares e passou a defender as cores do Club Tijuana. No ano de 2007 transferiu-se C.D. Veracruz. Em verão de 2009 rumou à Europa, mais concretamente a Itália, para jogar no Atalanta B.C., tornou-se no primeiro mexicano a jogar no campeonato italiano, no entanto não foi feliz em terras transalpinas e regressou ao México no final desse mesmo ano para ingressar no C.F. América, jogou no emblema da capital mexicana durante cinco anos e venceu o Campeonato Clausura do México de 2013 e o Campeonato Apertura do México em 2014. Na época de 2014/15 voltou á Europa, mas desta vez a Inglaterra, para representar o Watford F.C.
No início da temporada de 2015/16 ingressou por empréstimo no Futebol Clube do Porto.
A sua estreia com a camisola dos Dragões aconteceu no dia 12 de Setembro de 2015 no Estádio Municipal de Arouca onde os portistas a jogar como visitante derrotaram o F.C. Arouca por 3-1, num jogo a contar para a 4ª jornada do Campeonato Nacional de 2015/16.
Dez partidas depois Layún marcou o seu primeiro golo ao serviço do F.C. Porto, um golo que ajudou a confirmar a vitória, já que os Dragões venceram por 3-1 os israelitas do Maccabi Tel Aviv no Estádio Sammy Ofer, num jogo que valeu para a 4ª jornada do Grupo G da Liga dos Campeões de 2015/16.
Layún foi um dos principais futebolistas do plantel portista nessa temporada de 2015/16, assumiu a titularidade, tornou-se no jogador com mais assistências para golo dos azuis e brancos e convenceu os dirigentes dos Dragões a avançarem para a sua contratação, o que aconteceu no final dessa temporada, no entanto na época seguinte perdeu um pouco da influência que tinha no onze inicial dos Dragões e na temporada de 2017/18 deixou de ser primeira opção e acabou por ser emprestado em Janeiro de 2018 aos espanhóis do Sevilha F.C.
Miguel Layún esteve ao serviço do F.C. Porto durante duas épocas e meia, nesse período de tempo disputou 80 jogos oficiais, marcou 11 golos e sagrou-se Campeão Nacional em 2017/18.
O seu primeiro jogo com a camisola do Sevilha F.C. aconteceu em Fevereiro e representou o emblema da Andaluzia até Maio. Em Julho foi contratado pelo Villarreal C.F.. Em Janeiro de 2019 voltou ao México para actuar no C.F. Monterrey.
Layún é Internacional pelo México e já representou a selecção azteca diversas vezes, tendo marcado 6 golos. Conquistou a CONCACAF Cup em 2015/16 e a Gold Cup 2016, esteve presento no Campeonato do Mundo do Brasil em 2014 e na Rússia em 2018.

Palmarés
1 Taça CONCACAF (Selecções)
1 Gold Cup (Selecções)
1 Campeonato Nacional 1ª Divisão (Portugal)
1 Campeonato Apertura do México
1 Campeonato Clausura do México

2 de junho de 2019

Ricardo Pereira

Ricardo Domingos Barbosa Pereira nasceu no dia 6 de Outubro de 1993 em Lisboa.
Com oito anos começou a jogar futebol no C.F. Benfica. Em 2004 ingressou nos juniores do Sporting C.P. onde esteve durante seis anos, já em 2010 passou pelos escalões de formação do Associação Naval 1º de Maio e na temporada seguinte rumou ao V. Guimarães onde começou a jogar nos juniores mas depressa passou a fazer parte do plantel principal dos vitorianos, tendo representado os vimaranenses durante duas épocas e conquistou a Taça de Portugal de 2012/13 com uma vitória na final contra o S.L. Benfica por 2-1 onde marcou o segundo golo dos vitorianos.
No início da temporada de 2013/14 foi contratado pelo Futebol Clube do Porto.
A sua estreia com a camisola dos Dragões aconteceu no dia 12 de Agosto de 2013 no estádio Municipal de Aveiro onde a equipa B do F.C. Porto defrontou e venceu o S.C. Beira-Mar por 3-2, num jogo que contou para a 1ª jornada do Campeonato Nacional da 2ª Liga de 2013/14.
Oito dias depois estreou-se na equipa principal portista, desta vez o jogo aconteceu no Estádio do Bonfim, em Setúbal, onde os portistas venceram o Vitória F.C. por 3-1 numa partida a contar para a 1ª jornada do Campeonato Nacional de 2013/14.
O primeiro golo que marcou de Dragão ao peito aconteceu no jogo da 24ª jornada, no Campeonato Nacional da 2ª Liga de 2013/14 contra o Portimonense S.C. na vitória dos azuis e brancos por 2-0, com Ricardo a apontar o ultimo golo da partida aos 48 minutos.
Ricardo Pereira nunca foi um titular indiscutível e foi alternando entre a equipa principal e a formação B dos Dragões nas duas primeiras temporadas em que esteve ao serviço do F.C. Porto. Nas épocas de 2015/16 e 2016/17 jogou, por empréstimo, nos franceses do O.G.C. Nice onde passou a ser um dos principais jogadores do plantel do clube gaulês. Na temporada de 2017/18 regressou ao F.C. Porto, assumindo um papel predominante na equipa de Sérgio Conceição e no final da época sagrou-se Campeão Nacional. Essa foi aliás a sua última temporada com a camisola do F.C. Porto.
Ricardo nas três temporadas em que esteve ao serviço dos Dragões disputou 95 partidas oficiais, marcou 6 golos e conquistou 1 Título.
Em Maio de 2013 transferiu-se para os britânicos do Leicester City F.C..

Palmarés
1 Campeonato Nacional 1ª Divisão (Portugal)
1 Taça de Portugal