25 de novembro de 2019

Álvaro Coelho

Álvaro Coelho foi um futebolista que representou o Futebol Clube do Porto na década de 20 do século passado.
Jogando como defesa, esteve ao serviço dos portistas na época de 1923/24.
O primeiro jogo em que vestiu a camisola dos Dragões aconteceu no Campo da Constituição, no dia 11 de Novembro de 1923, numa partida em que os azuis e brancos jogaram como equipa visitante contra o Boavista F.C.. Os Dragões venceram por 1-0 na jornada inaugural do Campeonato do Porto.
Álvaro Coelho participou nos seis jogos do Campeonato Regional do Porto e ainda foi utilizado pelo treinador Akos Teszler no jogo da final do Campeonato de Portugal. Este disputado em Lisboa contra os algarvios do S.C. Olhanense que venceram por 4-2.
Apesar de ter disputado apenas sete jogos oficiais, Álvaro Coelho tem o seu nome na história do clube por dar o seu contributo para que o F.C. Porto se sagra-se Campeão Regional do Porto pela nona vez.

Palmarés
1 Campeonato do Porto

18 de novembro de 2019

Emílio Pinheiro Viterbo

Emílio Pinheiro Viterbo foi um dos mais prestigiados dirigentes da história do Futebol Clube do Porto.
Foi Vice-presidente e também Presidente da Assembleia Geral e foi nesse cargo que mais se evidenciou ao dirigir várias assembleias gerais que no início da década de vinte do século passado se realizavam com o propósito da construção do novo campo de jogos do clube, o campo da Constituição.
O seu trabalho e profissionalismo em prol do F.C. Porto era reconhecido pelos adeptos azuis e brancos mas também pelos simpatizantes dos outros clubes e assim chegou a Presidente da Associação de Futebol do Porto e também a Vice-Presidente da Associação Portuguesa de Futebol.

11 de novembro de 2019

Herrera

Héctor Miguel Herrera López nasceu no dia 19 de Abril de 1990 em Tijuana no México.
Começou a jogar futebol nas camadas jovens do C.F. Pachuca tendo percorrido todos os escalões de formação até ascender à categoria de sénior no ano de 2011. Esteve meio ano emprestado ao Tampico Madero F.C. e regressou ao C.F. Pachuca para jogar mais dois anos, o tempo suficiente para despertar o interesse em si dos principais clubes de futebol mundial.
No início da temporada de 2013/14 foi contratado pelo Futebol Clube do Porto.
A sua estreia com a camisola dos Dragões em jogos oficiais aconteceu no dia 21 de Agosto de 2013, Herrera foi titular na equipa B que derrotou o S.C. Beira-Mar por 3-2 no Estádio Municipal de Aveiro, numa partida que valeu para a 1ª jornada do Campeonato Nacional da 2ª Divisão de 2013/14.
A estreia na equipa principal do F.C. Porto aconteceu seis dias mais tarde e foi no Estádio do Bonfim onde os Dragões venceram o V. Setúbal por 3-1 no jogo inaugural do Campeonato Nacional de 2013/14, Herrera entrou aos 91 minutos a substituir o argentino Lucho González.
O primeiro golo que apontou de Dragão ao peito foi conseguido contra o S.C. Olhanense, os portistas venceram por 4-0 com o mexicano a fechar o marcador aos 84 minutos de jogo, numa partida que teve lugar no Estádio do Dragão no dia 20 de Dezembro de 2013 e que também contou para o Campeonato Nacional de 2013/14.
Héctor Herrera esteve ao serviço do F.C. Porto durante seis temporadas, tendo sido um dos jogadores mais utilizados, como comprovam os 245 jogos oficiais em que alinhou, tendo marcado 35 golos. Nesses seis anos sagrou-se Campeão Nacional em 2018/19 e conquistou a Supertaça Cândido de Oliveira na época seguinte.
Herrera é internacional pelo México. Esteve presente nos Jogos Olímpicos de 2012 onde conquistou a Medalha de Ouro, venceu também a Concacaf Cup e a Gold cup em 2015, marcou presença na Copa América de 2016, também na Taça das Confederações em 2013 e 2017 e ainda jogou no Campeonato do Mundo do Brasil de 2014 e na Rússia em 2018.

Palmarés
1 Medalha de Ouro Olímpica (Seleção do México)
1 Concacaf Cup (Seleção do México)
1 Gold Cup (Seleção do México)
1 Campeonato Nacional 1ª Divisão (Portugal)
1 Supertaça Cândido de Oliveira

3 de novembro de 2019

José Soares dos Reis

José Soares dos Reis nasceu no dia 5 de Março de 1916 em Penafiel.
Irmão de Manuel Soares dos Reis, guarda-redes que foi Campeão pelo Futebol Clube do Porto.
José Soares dos Reis, à imagem do seu irmão Manuel, também jogava a guarda-redes e foi no União Desportivo Penafidelense que começou a praticar futebol, junto com outro seu irmão, António Soares dos Reis.
José seguiu as pisadas do seu irmão Manuel e também ingressou no F.C. Porto no início da década de 40.
A sua estreia com a camisola portista aconteceu no dia 21 de Fevereiro de 1943 no Campo da Constituição, quando os Dragões receberam a visita do Unidos F.C. Barreiro no jogo da 7ª jornada do Campeonato Nacional de 1942/43. Os portistas foram derrotados por 4-3.
Nessa época de 1942/43 apenas foi utilizado em 3 jogos oficiais, todos a contar para o Campeonato Nacional.
Na temporada seguinte fez o mesmo número de partidas oficiais para o Campeonato Nacional, mas foi sempre o guarda-redes titular no Campeonato do Porto, disputando os dez jogos que faziam parte do calendário, onde sofreu apenas quatro golos e ajudou os portistas a vencer todos os jogos da competição e dessa forma sagrou-se Campeão Regional.
José Soares dos Reis representou o F.C. Porto durante duas temporadas, tendo disputado 16 jogos oficiais e conquistou 1 título.

Palmarés
1 Campeonato do Porto