20 de agosto de 2018

Rui Águas

José Rui Lopes Águas nasceu no dia 28 de abril de 1960 em Lisboa.
Ainda muito jovem começou a jogar futebol nas escolas do S.L. Benfica, passou depois pelo Clube Atlético e Cultural da Pontinha e pelos sub-17 do Sporting C.P.
Em 1980 e já como sénior ingressou no G.D. Sesimbra onde jogou duas temporadas. Em 1982/83 defendeu as cores do Atlético C.P.. Na temporada seguinte transferiu-se para o Portimonense S.C. tendo jogado nos algarvios duas épocas e contribuiu para a melhor classificação de sempre no Campeonato Nacional dos Alvinegros, que foi o 5º lugar na época de 1984/85. Em 1985/86 rumou ao S.L. Benfica, jogou três temporadas no clube da Luz e conquistou os primeiros Títulos ao vencer a Taça de Portugal em 1985/86 e 1986/87 e o Campeonato Nacional em 1986/87.
No início da época de 1988/89 foi contratado pelo Futebol Clube do Porto.
A sua estreia com a camisola dos Dragões aconteceu no dia 24 de Agosto de 1988 no Estádio das Antas onde os portistas receberam e empataram 0-0 com o Boavista F.C. num jogo a contar para a 1ª jornada do Campeonato Nacional de 1988/89.
Rui Águas que no F.C. Porto ganhava onze vezes mais do que no S.L. Benfica, jogou de azul e branco durante duas temporadas. Nesse período de tempo sagrou-se Campeão Nacional em 1989/90 e disputou 80 jogos oficiais com 40 golos apontados.
No início foi olhado com alguma desconfiança, por ter chegado de um clube rival, mas com o passar do tempo e principalmente com o seu profissionalismo e empenho, acabou por conseguir o respeito dos exigentes sócios portistas que ainda o consideram um dos melhores pontas de lança que passaram pelos Dragões.
Em 1990/91 regressou ao S.L. Benfica onde jogou mais quatro épocas tendo vencido o Campeonato Nacional por duas vezes e a Taça de Portugal por uma ocasião. Em 1994/95 ingressou no C.F. Estrela da Amadora, onde fez 9 jogos oficiais. Ainda nessa temporada rumou a Itália para jogar no A.C. Reggiana, tendo terminado a sua carreira de futebolista no final dessa época.
Rui Águas representou também a Selecção Nacional por 31 vezes tendo marcado 10 golos. Marcou presença no Campeonato do Mundo de 1986.
Em 1996 assumiu o cargo de treinador adjunto na Selecção Nacional. Em 1999 passou a treinador principal do G.D. Estoril e depois pelo V. Setúbal. Em 2002/03 voltou a treinador adjunto no C.S. Marítimo, na temporada seguinte passou a exercer idêntico cargo no S.C. Braga onde esteve três épocas. Em 2007 voltou ao S.L. Benfica para trabalhar no departamento de Scouting. Em 2012/12 rumou à Arabia Saudita para assumir o cargo de técnico principal dos sub-18 do Al Hilal Saudi F.C.. Em 2014 passou a treinador da Selecção de Cabo Verde deixando o cargo no ano seguinte, mas em 2018 voltou a comandar a equipa africana depois de uma breve passagem pelos egípcios do Pharco F.C.

Palmarés
4 Campeonatos Nacionais 1ª Divisão (Portugal)
3 Taças de Portugal

Sem comentários: