21 de agosto de 2011

Taça Joan Gamper

O Troféu Joan Gamper é um torneio de verão organizado pelo F.C. Barcelona em homenagem ao fundador e primeiro presidente do clube da Catalunha, o suíço Hans-Max Gamper Haessig, que ficou conhecido em Barcelona como Joan Gamper.
O torneio começou por se disputar no ano de 1966 e até aos dias de hoje sempre se realizou.
Entre 1966 e 1996, o troféu era disputado entre quatro equipas, com partidas a eliminar e desempate por penaltis em caso de igualdade. A partir de 1997 e até hoje, o F.C. Barcelona apenas convida um clube para um único jogo.
Portugal já foi representado em duas vezes, nos anos de 1987 e 1999, com o Futebol Clube do Porto e o Sporting C.P. respectivamente.
Os Dragões começaram por eliminar os anfitriões por 2-1, para depois encontrarem na final o F.C. Bayern Munique. Os alemães deixaram pelo caminho os holandeses do F.C. Ajax, com a vitória a chegar no desempate dos penaltis por 5-3, depois do 1-1 no tempo regulamentar. Assim, menos de três meses depois da final de Viena os novos Campeões Europeus voltavam a medir forças com os Bávaros. O triunfo do F.C. Porto por 2-0 mostrou que a vitória do dia 27 de Maio não tinha sido obra do acaso e dessa forma os portistas conquistaram o belo troféu de prata, com base em mármore e acabamentos em ouro.
O outro representante de Portugal já não teve a mesma sorte porque foi derrotado por 2-1.

4 comentários:

dragao vila pouca disse...

É verdade, já ganhamos o Juan Gamper eliminando o Barça... aliás, daquilo que tenho na memória, o saldo entre Porto e Barcelona, não é muito desfavorável. Lembro-me, na década de setenta, termos ganho 3-1 nas Antas e 1-0 em Barcelona...Quem sabe não acontece futebol, na próxima sexta-feira?

Abraço

Anónimo disse...

«... e 1-0 em Barcelona »


Golo de Abel,no dia de aniversário do RUI (gr); fez uma excepcional exibição (sairia lesionado dando lugar ao Armando).

Miguel Lima disse...

caríssimo(s),

hoje, independentemente do resultado final, seremos Porto! sempre!


«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs! ;)

Miguel | Tomo II

Anónimo disse...

Neste torneio lembro-me do Porto estar a jogar com uma superioridade incrível e há um lance em que para evitar que a bola fosse fora, o André cruzou de novo a bola para a área de pontapé de bicicleta.

RS