21 de setembro de 2008

Fonseca

João Francisco Fonseca dos Santos nasceu no dia 19 de Fevereiro de 1948 em Matosinhos.
Fonseca fez a sua estreia como profissional no Leixões S.C. na época de 1966/67. No clube da sua terra manteve-se durante três temporadas, tendo-se depois transferido para o S.L. Benfica onde permaneceu por mais três épocas, e onde se sagrou Campeão Nacional pela primeira vez na temporada de 1970/71, repetindo o feito na época seguinte. Juntando ainda duas Taças de Portugal e uma Taça Associação de Futebol de Lisboa.
Na temporada de 1972/73, Fonseca regressou ao Leixões S.C. embora por empréstimo. No final desse campeonato, emigrou para Espanha onde foi representar o C.D. Ourense durante duas temporadas.
Em 1975/76, regressou a Portugal para ingressar no Varzim S.C., clube que serviu duas temporadas. Ainda nessa temporada de 1975/76,teve a sua estreia pele Selecção Nacional.
Em 1977/78 mudou-se para as Antas para vestir a Camisola do Futebol Clube do Porto.
A sua estreia na baliza dos Dragões aconteceu no dia 4 de Setembro de 1977 no Estádio das Antas, quando os portistas receberam e venceram o V. Setubal por 3-0, numa partida a contar para a 1ª jornada do Campeonato Nacional de 1977/78.
Logo no seu primeiro ano de Azul e Branco, contribuiu para acabar com o longo jejum de 19 anos que o F.C. Porto atravessou e dessa forma, desde logo ficou na história do clube ao sagrar-se Campeão Nacional. Nessa época Fonseca foi totalista em todos os jogos que o F.C. Porto disputou, 30 para o Campeonato Nacional, 8 na Taça de Portugal e 6 na Taça dos Vencedores das Taças. Nas 44 partidas que disputou, sofreu 36 golos.
Na temporada de 1978/79, Fonseca voltou a repetir a vitória no Campeonato Nacional. Dos 30 jogos do campeonato, disputou 18 e sofreu 9 golos.
Na época de 1980/81 conquistou a Taça Associação de Futebol do Porto.
Em 1981/82 Fonseca ajudou a conquistar a primeira Supertaça Cândido de Oliveira para o F.C. Porto, ao derrotar o S.L. Benfica por 4-1 no jogo da 2ª mão, depois dos portistas terem perdido por 2-0 no Estádio da Luz uma semana antes.
Em 1982/83 disputou 10 partidas pelo F.C. Porto até voltar a Espanha e ao C.D. Ourense por empréstimo, onde permaneceu até ao final dessa época.
Ao serviço dos Dragões, Fonseca esteve durante 6 temporadas. Conquistou 4 Títulos e disputou 173 partidas oficiais.
Na temporada seguinte regressou a Portugal para jogar no F.C. Famalicão. Em 1984/85 transferiu-se para o G.D. Chaves, permanecendo no clube transmontano até 1987/88, quando terminou a carreira de futebolista.
Na temporada seguinte fez parte da equipa técnica dos flavienses. Passou por vário clubes até regressar ao Leixões S.C. em 2002/03 para assumir o cargo de treinador de guarda-redes, lugar que manteve até ao final da temporada de 2011/12.

Palmarés
4 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
2 Taças de Portugal
1 Supertaça Cândido de Oliveira.
1 Taça Associação de Futebol do Porto
1 Taça Associação de Futebol de Lisboa

5 comentários:

dragao vila pouca disse...

Um excelente guarda-redes, muito importante na viragem de ciclo.Felino, agil, bom a sair, Fonseca que tinha sido dispensado pelo Benfica, conseguiu no F.C.Porto a consagração e viu reconhecidos os seus méritos de grande guarda-redes.
Um abraço

Anónimo disse...

Dispensado pelo Benfica sim senhor mas contratado aos espanhóis do... Orense.

E lembram-se, antes de ser ele o contratado, quem era para vir?

Exactamente o... DAMAS (assinou inclusivé contrato) mas acabou por «roer a corda» por influência do presidente do Sporting, João Rocha.

Seguiria para Salamanca (com João Alves e Quinito), depois para Gumarães (com Pedroto, Artur Jorge e Murça), para Portimão, seguindo finalmente, para o seu clube de origem, exactamente o... Sporting.

Hoje, poderia ter sido uma glória do FC Porto mas, ao contrário, passou a sê-lo mas dos leões.

O futebol tem destas coisas...

Porque, a tal a acontecer, do Fonseca jámais se falaria.

Pese o valor e a influência que teve, também na tal «viragem de ciclo»

A. Jorge disse...

O Fonseca não acabou a carreira nesse ano. Ainda representou o Desportivo de Chaves, na 1.ª divisão, durante 2 ou 3 anos.

semper fideos disse...

Eu nao era mais que uma criança, e recordo que a gente lhe chamaba 'cabra tola' pelas suas saidas a rexeitar a bola.era um espectáculo por sí mesmo e quantos jogos viraba pra nos

semper fideos disse...

Estou a falar do Fonseca no Ourense.Obrigado.