6 de janeiro de 2014

Octaviano

Octaviano Leal de Oliveira nasceu no dia 17 de Outubro de 1914.
Na temporada de 1934/35 representou o Sporting Clube das Caldas. Na temporada seguinte rumou a cidade dos estudantes para ingressar na Associação Académica de Coimbra, clube onde jogou durante nove temporadas e onde conquistou a Taça de Portugal da época de 1938/39 depois de derrotar o S.L. Benfica por 4-3 na final disputada no Campo das Salésias em Lisboa.
Na temporada de 1944/45 chegou ao Futebol Clube do Porto.
A sua estreia com a camisola dos Dragões aconteceu no dia 17 de Setembro de 1944 no Campo Augusto Leça no Porto onde S.C. Salgueiros foi derrotado pelo F.C. Porto por 3-2, numa partida a contar para a 1ª jornada do Campeonato do Porto da época de 1944/45.
Vestiu a camisola azul e branca durante três épocas e em todas conquistou o Campeonato do Porto, assim como a Taça Associação de Futebol do Porto.
Viveu também algumas partidas histórias, como a vitória dos portistas por 11-0 contra o Atlético, na temporada de 1945/46. Já em Setembro de 1946 os Dragões venceram o S.C. Salgueiros por 18-0, numa partida a contar para o Campeonato do Porto.

Palmarés
1 Taça de Portugal
3 Campeonatos do Porto
3 Taças Associação de Futebol do Porto

1 comentário:

Armando Pinto disse...

Quando consultamos a História do F C Porto, diversos nomes causam alguma curiosidade, por pouco serem referidos e como tal conhecidos. Otaviano era um deles, quando ainda pouco conhecíamos da História do FCP, mas quando folheamos as referências ele lá aparece e revela-se...
Aliás o F C Porto é rico em património humano, com grandes nomes. Mas como ainda hoje dizia o amigo Vila Pouca, o F C Porto não é de nenhum jogador em especial, eles é que foram e são do F C Porto... e é verdade. Já quando eu comecei a ser Portista, desde que me lembro, nos inícios dos anos 60, dizíamos o "Hernâni do Porto", o "Américo do Porto", o "Pinto do Porto", etc. e sempre o F C Porto esteve acima de tudo...!
Agora, que se aproxima o jogo da Luz, temos, a nossa estrutura tem, sobretudo, de estar com atenção em tudo o que se relacione com o encontro, pois eles vão aproveitar-se de toda esta encenação em torno do Eusébio para tentarem lucrar dividendos.

Engraçado como eles andam atentos, pela parte deles, pois, por exemplo, desta vez, com o artigo relacionado, nunca o meu blogue teve tantas visitas de adversários, tais os comentários que tive de apagar...