28 de novembro de 2010

António Teixeira

António Dias Teixeira nasceu no dia 16 de Setembro de 1930 em Lisboa.
Começou por jogar futebol no Águias do Alto do Pina tendo passado depois pelo G.D. Chelas, até chegar ao S.L. Benfica ainda nos escalões de formação onde se sagrou Campeão Nacional de juniores.
Estreou-se como sénior ainda no S.L. Benfica e foi no clube de Lisboa que venceu o seu primeiro Campeonato Nacional no escalão maior do futebol português. Transferiu-se depois para o V. Guimarães.
Em 1952/53 foi contratado pelo Futebol Clube do Porto.
A sua estreia com a camisola azul e branca aconteceu no dia 5 de Outubro de 1952 no Estadio das Antas quando os Dragões receberam e venceram o Boavista F.C. por 4-2 numa partida a contar para a 2ª jornada do Campeonato Nacional da época de 1952/53.
Ao serviço dos Dragões conquistou o Campeonato Nacional de 1955/56, sob o comando do brasileiro Dorival Yustrich, e onde formou uma dupla atacante com outro brasileiro de nome Jaburu. Ainda nessa temporada de 1955/56 ajudou o F.C. Porto a conquistar a sua primeira Taça de Portugal.
Na época de 1957/58 repetiu a vitória na Taça de Portugal onde os portistas bateram o S.L. Benfica na Final do dia 6 de Junho por 1-0, golo de Hernâni.
O segundo Campeonato Nacional que António Teixeira venceu com a camisola do F.C. Porto foi na temporada de 1958/59, com Bela Guttmann no comando técnico.
Venceu ainda por cinco vezes a Taça Associação de Futebol do Porto em 1956/57, 1957/58, 1959/60, 1960/61 e 1961/62.
António Teixeira enquanto futebolista do F.C. Porto disputou 218 jogos oficias, marcou 164 golos e conquistou 9 Títulos.
Em 1970 voltou aos Dragões para assumir o cargo de treinador, lugar que ocupou durante duas temporadas, (1970/71 e 1971/72).

Palmarés
3 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
2 Taças de Portugal
5 Taças Associação de Futebol do Porto

8 comentários:

Armando Pinto disse...

O Homem do 3º golo em Torres Vedras, que foi célebre para a conquista do título... no 3-0 ao Torreense do último jogo do campeonato de 58/59. Tendo com esse decisivo golo, obtido ao expirar do jogo (findo o qual, depois, se teve que esperar longos minutos pelo desfecho do Benfica-Cuf, onde o relógio do árbitro nÃO CONTAVA O TEMPO EXTRA...), dizia, com esse golo conseguiu que os intentos de Calabote não fossem mais avante...

Anos mais tarde teve passagem ainda pelo F C Porto como treinador, embora em período menos feliz, ao tempo de "Doc".

dragao vila pouca disse...

Como jogador não tenho memória, mas como técnico tinha cá um feitiozinho. Pena que quando era adjunto de T.Doc tenha querido ser mais papista que o papa...

Um abraço

Anónimo disse...

Conheci o António Teixeira, nos anos 60, como treinador do TIRSENSE que levou do Escalão Regional ao Escalão Nacional. Salvo erro, à Primeira Divisão...Um Senhor!

RicFCP disse...

Tenho uma dúvida a respeito da carreira do António Teixeira, que gostava que me pudesse ajudar a esclarecer: menciona que foi campeão nacional pelo benfica, mas dado que nasceu em 1930 e veio para o FCP em 1952, não vejo em que época é que pode ter sido campeão pelo benfica!
Obrigado

RiCFCP disse...

Já percebi que foi na época 1949-50, que foi campeão pela 1ª vez! Obrigado

JTC disse...

Foi um grande Avô, Pai e Jogador. Para muitos tinha um “feitiozinho”, mas na realidade era uma pessoa frontal, não deixava nada por dizer, dizia o que pensava. Honesto, sincero, alegre e Amigo.
A camisola que se vê na imagem está guardada com muita honra.

Antonio Julio Teixeira disse...

o meu tio era GRANDE

Candido Carvalho disse...

Muitas saudades tenho deste grande homem, tive a sorte de o conhecer e de conviver muito anos com ele por perto, eramos, aliás somos, familia, o meu sogro, homem honesto, franco o que tinha dizer dizia que sempre lutou pela verdade desportiva acima de tudo, foi um atleta, um homem de grande dimensão, marcou e marca muito a minha vida, saudades imensas e para os poucos que sabem, foi portista, sócio pagante, até ao dia que morreu.