22 de outubro de 2012

Alfredo Pais

Alfredo Joaquim Pais nasceu no dia 11 de fevereiro de 1922 em Manaus, Brasil.
Apesar de ter nascido em terras brasileiras, este defesa central tinha nacionalidade portuguesa e ingressou ainda jovem no Futebol Clube do Porto, no início da temporada de 1942/43.
A estreia com a camisola portista aconteceu no dia 3 de Janeiro de 1943 no Campo de Santana em Matosinhos, onde os Dragões venceram o Leixões S.C. por 3-2, num jogo a contar para a 7ª jornada do Campeonato do Porto da época de 1942/43.
Alfredo Pais Vestiu a camisola do F.C. Porto durante onze épocas, com a qual viveu momentos de glória. Um deles foi a brilhante vitória dos portistas sobre o Arsenal F.C.. Os ingleses eram na época considerados como a melhor equipa do mundo e estavam em Portugal para realizarem dois jogos. O primeiro foi em Lisboa onde golearam o S.L. Benfica, alguns dias depois, a 6 de maio, deslocaram-se à cidade Invicta para medir forças com os portistas, aos 20 minutos de jogo os azuis e brancos já venciam por 3-0, os londrinos ainda reduziram para 3-2 mas não conseguiram impedir o triunfo dos companheiros de Alfredo Pais que assim entraram para a história do clube ao escreverem uma das suas mais brilhantes páginas.
Outro momento alto na carreira de Alfredo Pais enquanto jogador do F.C. Porto aconteceu no dia 28 de maio de 1952, dia da inauguração do Estádio das Antas. Alfredo Pais conquistou também por 5 vezes o Campeonato do Porto e a Taça Associação Futebol do Porto em 1947/48. No final da temporada de 1952/53 deixou o F.C. Porto e terminou a sua carreira.

Palmarés
5 Campeonatos do Porto
1 Taça Associação de Futebol do Porto

2 comentários:

Armando Pinto disse...

Um jogador que naturalmente não conhecemos mas nos habituamos a ver em fotos e descrições documentais, a pontos de admirarmos seu porte com a camisola do F C Porto. Apreciamos algumas referências no livro Caravana da Saudade, que é quanto basta para ser como se o tivessemos conhecido, tal o que sentimos com os astros que expandiram pelo firmamento a simbologia Portista.

dragao vila pouca disse...

Comentários a este post só para o Armando, eu sou muito fraquinho, nunca ouvi falar deste senhor...

Abraço