20 de outubro de 2014

Yuran

Sergei Nikolayevich Yuran nasceu no dia 11 de Junho de 1969 em Lugansk na Ucrânia.
Começou por jogar futebol nas camadas jovens do F.C. Zorya Lugansk, até que no início da temporada de 1985/86 estreou-se no plantel principal do clube ucraniano. Em 1987/88 transferiu-se para o F.C. Dynamo Kyiv onde jogou durante três épocas e onde conquistou o Campeonato da União Soviética de 1989. Em 1991/92 viajou para Portugal para jogar no S.L. Benfica. No clube da capital portuguesa esteve três temporadas, tendo vencido a Taça de Portugal de 1992/93 e o Campeonato Nacional de 1993/94.
Em 1994/95 Yuran transferiu-se para o Futebol Clube do Porto.
A sua estreia com a camisola azul e branca aconteceu no dia 11 de Setembro de 1994 no Estádio das Antas quando os portistas receberam e venceram o C.F. União da Madeira por 3-0, um jogo que contou para a 3ª jornada do Campeonato Nacional de 1994/95. Já o primeiro golo que Yuran apontou foi à 6ª jornada em pleno Estádio da Luz contra a sua anterior equipa, um golo que foi bastante festejado pelo jogador russo.
Na única temporada em que esteve ao serviço dos Dragões, Yuran disputou 30 partidas e marcou 5 golos, tendo-se sagrado Campeão Nacional e conquistado a Supertaça Cândido de Oliveira.
Na temporada de 1995/96 transferiu-se para o F.K. Spartak Moscovo e apesar de não ter conquistado nenhum título, conseguiu um feito notável ao vencer todos os jogos da fase de grupo da Liga dos Campeões de 1995/96. Ainda em 1996 ingressou nos ingleses do Millwall F.C. Na temporada de 1996/97 viajou para a Alemanha para jogar no Fortuna Dusseldorf. Na época seguinte rumou ao V.F.L. Bochum, onde esteve duas temporadas. Em 1999 regressou ao F.K. Spartak Moscovo mas no início da época de 1999/00 transferiu-se para os austríacos do S.P. Sturm Graz, onde se manteve duas temporadas tendo terminado a sua carreira de futebolista no final da época de 2000/01.
Yuran também representou a Selecção da Russia. Foi Internacional por 41 vezes e marcou 9 golos. Esteve presente no Campeonato da Europa de 1992 e no Campeonato do mundo de 1994.
Passou depois a treinador, tendo-se iniciado na equipa B do F.K. Spartak Moscovo em 2002. Depois orientou várias equipas da Rússia e conta com passagens pela Letónia, Cazaquistão, Azerbaijão e Arménia.

Palmarés
2 Campeonatos Nacionais I Divisão (Portugal)
1 Campeonato União Soviética
1 Taça de Portugal
1 Supertaça Cândido de Oliveira

4 comentários:

Zé Pelé disse...

Era uma grande máquina o Yuran. Um nome incontornável no futebol português.

Pinto Felgueiras disse...

Um dos que conheceu a diferença de jogar no Benfica, onde tudo lhe era permitido pelas arbitragens, e depois no Porto, onde sofreu amarelos e vermelhos com que não estava habituado...

dragao vila pouca disse...

Com aquela força, com aquela potência, com aquela capacidade de tiro, se a cabecinha não fosse pouco pensadora, podia ter feito uma grande carreira. Assim, ficou aquém das expectativas, mesmo conseguindo alguns êxitos.

Abraço

Miguel Lima disse...



jogador que, no meu entendimento, ficou marcado pelo acidente, ao raiar do dia, junto ao Centro Comercial Dallas...
(e que também nos ofereceu um breve momento de sonho, em Génova)

abr@ço
Miguel | Tomo II